Opinião: "A Pousada no Fim do Rio"



Título: A Pousada no Fim do Rio

Autora: Nora Roberts

Editora: Chá das Cinco - Saída de Emergência

Ano de publicação: 2010

Este livro encontra-se esgotado na Editora


Sinopse:


Olivia MacBride e os seus pais eram a típica família de sonho de Hollywood, não lhes faltando fama, fortuna e amor. Até à noite em que Olivia, de quatro anos, acorda e encontra a mãe brutalmente assassinada aos pés do pai. Nesse momento, a vida de Olivia mudará para sempre. Acolhida pelos avós num recanto resguardado pela Natureza, Olivia aprende a enterrar bem fundo o passado. Determinada a proteger-se de memórias dolorosas, cresce limitando a sua vida às florestas verdejantes e à Pousada do Fim do Rio. Mas quando aparece Noah Brady, a jovem terá de se esforçar muito para resistir à atracção que sente por ele. Infelizmente, o futuro é caprichoso e Noah trai a confiança de Olivia. Apesar de ele nunca desistir de a ajudar a lidar com os traumas do passado, poderá a jovem voltar a confiar em Noah? Mais: o pai de Olivia é liberto da prisão e parece que há segredos terríveis a descobrir sobre aquela fatídica noite.


Opinião:


Mais um Blind date with a book que me surpreendeu. Nunca tinha lido nada de Nora Roberts, apesar de ter um pseudo livro dela que na altura veio com uma revista e sempre achei que era só uma amostra do livro e acabei por não o ler. Admito que quando recebi o livro estava mesmo a espera daquele típico romance, pois sempre associei os livros da Nora Roberts ao típico livro clichê romântico. Mas, mal li a sinopse fiquei logo super curiosa sobre o livro. A pousada do fim do rio, apesar de ser um livro romântico, é também um livro cheio de mistério, ou seja, um romance virado para o policial.


A escrita da autora é uma escrita bastante simples, não é muito descritiva, apesar de ter algumas descrições no livro, mas não se torna aborrecida. A história não é uma história muito leve ao início, pois temos um crime, uma menina de 4 anos que vê a mãe morta aos pés do pai dela. A questão que coloco é: será que foi o pai que matou a mãe? Apesar de ter sido uma testemunha, Livvy acaba por ir viver com os avós maternos e acaba por crescer numa linda pousada no meio de uma enorme floresta. Ela aprende a ser uma guia exemplar, acaba por ir para a universidade e abre um centro na pousada dos avós onde pode dar palestras e conferências sobre tudo o que os rodeia naquela floresta.


Admito que quando li toda a descrição que é feita sobre a pousada, a floresta, os animais e as plantas, deu-me uma vontade gigante de um dia destes, quando esta pandemia passar, ir visitar e passar uns dias no meio do nada. Pois, as vezes sabe bem estarmos rodeados pela Natureza. Livvy, aos 18 anos encontra-se na Universidade, a viver pela primeira vez sozinha e acaba por ser visitada por Noah Brady. Noah, é o filho do policia que encontrou Livvy na noite mais angustiante da sua vida e foi ele que prendeu o pai. Noah já tinha visitado Livvy antes, juntamente com os seus pais, só que ele na altura tinha 18 anos e ela 12 anos. Livvy sempre sentiu uma paixão por Noah tal como Noah que acaba por se apaixonar por Livvy mal está lhe abre a porta e aqui, entra a parte do romance. Aquela parte que me fez sofrer imenso pois, eles ou estavam sempre chateados ou estavam sempre bem.


Livvy teve um início de vida difícil, como já viram, o que lhe torna difícil de confiar em alguém, de se apaixonar por alguém ou até mesmo de deixar alguém entrar na sua vida, só que aquilo que ela não estava nada à espera era de Noah viesse abalar o seu mundo e de maneira. Abriu-lhe feridas antigas, tal como abriu na sua família, mas sempre para encontrar as respostas às perguntas que ele tinha desde miúdo, tal como a família de Livvy tinha apenas não queriam admitir nem queriam voltar a viver aquele episódio que mudou completamente o rumo da vida de Livvy e da sua família. Será que Noah consegue descobrir os motivos? Será que Livvy vai deixar que Noah entre na sua vida? Será que o pai é realmente o culpado ou será que é inocente como sempre achou?


A verdade é....querem saber? Leiam-o o livro :)


Escrito por: Raquel Pinheiro

Hello Booklovers!!

Eu chamo-me Raquel e tenho 27 anos. Sou licenciada em Direito, mas trabalho com crianças. Estou neste momento, acabar o meu mestrado em Ciências Jurídico Criminais pois, de todos os ramos de Direito foi por este que me apaixonei.

Para além de ser uma apaixonada por crimes, tenho uma enorme paixão por livros, cinema e séries. Esta ideia surgiu com a criação da minha página no Instagram. Após ter criado essa página, pensei para comigo "E porque não um blog?". Desta forma posso falar um pouco mais sobre os livros que leio, onde posso dar certos detalhes que me fizeram gostar daquele livro ou daquela história e explicar o porque daquela pontuação. Através do Blog posso escrever um pouco mais, algo que eu adoro fazer.

É um projecto que eu pretendo manter e espero que tenha tanto sucesso como espero ter!!

Quero partilhar com vocês um pouco do meu pequeno mundo dos livros!!!!!

0 visualização

© 2020 Livraria Good Books. Ana Teresa Barreiros. 

livraria.goodbooks@gmail.com - Telefone: 926 560 512

  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Instagram Preto
  • YouTube - Black Circle