Opinião: "Os Contos Impossíveis"


Autor: Tiago Moita

Editora: Chiado Books

Ano de pubicação: 2019

Este livro encontra-se disponível para venda na Livraria Good Books


Sinopse:


O que tem em comum um pintor aluado, um quadro vazio, um transatlântico em apuros, uma estátua viva e o sexo dos anjos com uma lágrima numa sala?


Apenas o facto de fazerem parte de uma colectânea de dez contos, escritos por Tiago Moita, onde o autor cruza a ironia com o absurdo, o real com o transcendente, o surreal com o assombro e o imprevisto com o impossível, como se todos eles fizessem parte de um todo chamado Vida e revelassem os aspectos mais belos e negros da Arte, do Universo e da condição humana.


Opinião:


Existe uma certa sensação de frescura quando se lê uma coletânea de contos. A forma como cada história se liga às restantes, a temática que unifica o livro, dá coesão e significado. Já a forma como podemos ir lendo um conto por dias ou durante as nossas pausas, torna uma coletânea num momento divertido quase como que um snack livrólico, satisfazendo a nossa mente de uma forma rápida e eficaz.


“Os Contos Impossíveis”, de Tiago Moita, trazem para a mesa esse tipo de sensação. Pega em nós e transporta-nos imediatamente para um lugar, com determinadas personagens que claramente identificamos, ou até mesmo reconhecemos do nosso dia-a-dia e/ou do passado.


Podia falar de cada um dos contos, de dizer qual o meu preferido, quais foram as emoções despertadas em cada segundo passado a ler cada palavra. No entanto, não seria justo. Posso, contudo, dizer que os adorei por diferentes motivos. Desde o sentimento de paralelismos, ao relembrar do passado. Desde a fantástica voz das personagens ao relato de uma situação desconhecida, mas que traz parecenças do nosso quotidiano.


O que é importante é que nos sentimos ligados ao conto lido naquele instante. Dei por mim a pensar nas mensagens por detrás das histórias e do impacto que tiveram em mim. Dei por mim a refletir, e isso é algo que valorizo quando leio. Gosto de sentir que existe uma conexão com as personagens e história, e sentir quase como se vivesse no meio das folhas de um livro, tanto quanto gosto de me questionar. Por vezes não acontece quando se trata de uma coletânea, porém neste livro não tive problema em sentir a ligação. Por isso, acho que os dez contos foram brilhantemente construídos e escritos.


Tiago Moita pega naquilo que nos torna humanos, em todos os aspetos da vida e conta uma história. Uma atrás da outra, bailamos pela nossa consciência, pelas nossas memórias, pelos nossos valores e opiniões, pela vida daqueles mundos descritos com imagens vividas.

A vida tem enumeras facetas, e neste livro conhecemos algumas, pintadas a preto nas páginas dos contos.



Escrito por: Jéssica Reis

Jéssica Reis nasceu a 11 de outubro de 1994, na cidade de Leiria. A escolha do seu nome avizinhava-se como um presságio para a grande paixão que atualmente a prende e agarra aos livros, pois foi inspirado na Jessica Fletcher.

Sendo a terceira geração de amantes de livros no seio da sua família, desde cedo que se deixava transportar para outros mundos enredada nas palavras dos grandes escritores. Não demorou para que as suas próprias ideias ganhassem contornos, ainda que suaves, e pequenas histórias começarem a surgir.


Tem atualmente um blog onde partilha com o mundo as suas opiniões dos livros que vai lendo, assim como alguns contos que vai escrevendo.

0 visualização

© 2020 Livraria Good Books. Ana Teresa Barreiros. 

livraria.goodbooks@gmail.com - Telefone: 926 560 512

  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Instagram Preto
  • YouTube - Black Circle