Opinião: "Sempre Tu"



Sinopse:

Morgan e a sua filha adolescente, Clara, parecem não ter nada em comum. Depois de ter engravidado e casado quando era muito jovem, Morgan viu-se obrigada a adiar os seus sonhos, e está determinada a não deixar que a filha cometa os mesmos erros. Clara não quer seguir os passos da mãe, que considera demasiado previsível, e é na sua tia Jenny que encontra uma confidente.


Quando Chris, marido de Morgan e pai de Clara, sofre um trágico e inexplicável acidente, o equilíbrio precário entre mãe e filha é quebrado e as consequências parecem alastrar-se às pessoas que as rodeiam.


Enquanto tentam reconstruir as suas vidas, Morgan encontra conforto num amigo do passado e Clara aproxima-se de Miller, uma companhia que a sua família não aprova. À medida que novos segredos e mal-entendidos surgem entre mãe e filha, ambas terão de lutar por uma reconciliação, antes que as suas diferenças e ressentimentos consigam afastá-las de modo irremediável.



Opinião:


Colleen Hoover, conheci esta autora através de uma amiga no verão passado. Recomendou-me ler o livro "Isto acaba aqui" que mudou a minha vida por completo!


Posso dizer que este livro de que vos vou falar hoje não fica atrás. O meu segundo livro com esta autora que me deixou encantada, "Sempre Tu".


Este livro conta-nos a história de uma mãe e de uma filha que fazem luto por duas pessoas que perderam e que para elas eram muito importantes nas suas vidas. Contudo, Morgan acaba por descobrir um segredo que pode alterar a imagem que Clara tem do pai e da tia.

Admito que a relação delas é um pouco irritante ao início, pois nenhuma consegue bem lidar com a dor uma da outra. Morgan é aquela mãe que faz de tudo para proteger a filha e que se sacrifica para manter as aparências que o pai, Chris deixou. Clara, é a típica filha que se sente revoltada com a situação e que deixa de perceber algumas atitudes da mãe, por exemplo na relação de Morgan com Jonah. Clara não consegue aceitar e acaba por fazer deles os maus da fita. No entanto, a relação inicial delas (isto é após a tragédia) começa a melhorar assim que a Clara descobre o verdadeiro motivo de a mãe a proteger, pois nem tudo é o que parece. Por muito que uma família possa parecer a típica família feliz, por vezes tem segredos que podem destruir vidas.


Adoro a personagem da Morgan, acho que retrata bem o que é ser uma mãe, uma mãe faz tudo por um filho, verdade seja dita. No entanto, acabo por me sentir triste por ela... Viveu quase uma vida toda a evitar e a esconder os seus verdadeiros sentimentos e viveu sempre para os outros, o que acabou por lhe dificultar um pouco a situação e ela volta a entrar numa espiral para se reencontrar. Acima de tudo acho que uma mãe deve de fazer tudo por um filho, mas nunca deve de deixar de ser ela própria ou de viver por si mesma. Deve sempre de conciliar as duas coisas e é isso que a Morgan acaba por fazer.


Outra personagem que eu adorei nesta história foi o Miller. Sim, o apaixonado da Clara só que o que ela não sabia é que ele também era apaixonado por ela. Miller é aquele rapaz que parece ser um mega rebelde mas é um amor de pessoa... um bolo fofo digamos! Ele conseguiu, de alguma forma, chegar até a Clara.


Está história é uma história tão importante para mim e especial pois ajudou-me imenso a ver as relações de outra perspectiva. Mostra que nem tudo é o que parece e que podemos ter um final feliz, mesmo que demore uns 14 anos a chegarmos até ele ou 3 anos admitir que gostamos de uma pessoa e que esperamos este tempo todo, pois sabíamos que se fosse para acontecer tinha de se levar o seu tempo para se tornar épica.


Uma história maravilhosa que me fez rir, que me fez emocionar-me e que me deixou com um sorriso de orelha a orelha.



Escrito por: Raquel Pinheiro

Hello Booklovers!!

Eu chamo-me Raquel e tenho 27 anos. Sou licenciada em Direito, mas trabalho com crianças. Estou neste momento, acabar o meu mestrado em Ciências Jurídico Criminais pois, de todos os ramos de Direito foi por este que me apaixonei.


Para além de ser uma apaixonada por crimes, tenho uma enorme paixão por livros, cinema e séries. Esta ideia surgiu com a criação da minha página no Instagram. Após ter criado essa página, pensei para comigo "E porque não um blog?". Desta forma posso falar um pouco mais sobre os livros que leio, onde posso dar certos detalhes que me fizeram gostar daquele livro ou daquela história e explicar o porque daquela pontuação. Através do Blog posso escrever um pouco mais, algo que eu adoro fazer.

É um projecto que eu pretendo manter e espero que tenha tanto sucesso como espero ter!!

Quero partilhar com vocês um pouco do meu pequeno mundo dos livros!!!!!

6 visualizações

© 2020 Livraria Good Books. Ana Teresa Barreiros. 

livraria.goodbooks@gmail.com

Termos de Uso

Política de Privacidade