Prós e contras de um e-reader


A tecnologia trouxe-nos uma nova maneira de ler. Os e-readers já são bastante usados e, sejam eles Kobos, Nooks ou Kindles, têm as suas vantagens e, claro, desvantagens.

Como sou uma pessoa otimista, vamos falar primeiro das vantagens, claro!


Prós de um e-reader:


1 - Os livros pesam todos o mesmo


Isto é mesmo um exemplo pessoal, mas eu jamais pensei em adquirir os livros do Outlander, de Diana Gabaldon, em cópia física. Os livros são grandes e, acima de tudo, pesados. Por pouco menos de 1kg, consigo levar comigo os exemplares do Outlander para todo o lado. As costas/a mala/o ombro agradecem.



2 - Os livros são mais baratos


Outra história pessoal: estão a ver os livros da Jane Austen? No Kindle (é o e-reader que tenho), os livros dela estão em public domain, ou seja, são gratuitos. Isto é só um exemplo, de certeza que há outros autores que estão na mesma situação.


No geral, os livros são sempre mais baratos e há sempre alguma promoção que se pode aproveitar para poupar alguns trocos.



3 - Bateria


Algumas pessoas dizem: "mas tens que carregar o e-reader!". É claro que sim, não deixa de ser um gadget. Mas não o carregas todos os dias. Se calhar, nem todas as semanas! Os e-readers têm uma bateria bastante boa que dura, geralmente, 8/9 horas.



4 - Podemos ter milhares de livros num e-reader!


As estantes de casa agradecem bastante! O espaço físico que se poupa é incrível. Tenho centenas de livros no Kindle e sei que essas centenas de livros jamais caberiam na minha estante.



Contras de um e-reader:


1 - Não deixa de ser um ecrã


Tenho que fazer um aparte aqui bastante importante: se comprarem um ereader bom, conseguem ajustar a luminosidade e até mesmo o fundo da "página" (ou seja, para lerem à noite, podem colocar o fundo preto com letras brancas, que ajuda imenso a poupar os vossos olhos).


No entanto, não é disto que estou a falar: não deixa de ser mais um ecrã ao qual estamos agarrados. Passamos horas em frente ao computador, agarrados aos telemóvei, a ver séries na Netflix. O e-reader é mais um ecrã que temos.



2 - Custo inicial


Isto é realmente muito importante. Os e-readers não são baratos. Um livro em Portugal custa cerca de 20 euros, mas um ereader já passa dos 100 euros.


Tenham em atenção às funcionalidades deles. Comprar um e-reader de uma geração mais antiga não vos vai fornecer certas funcionalidades que os mais recentes têm (como a opção de ajuste de luz e de mudar a cor de fundo, por exemplo). Por isso, às vezes o barato sai caro e este é um desses casos.


Também é importante ter em atenção a certas funcionalidades desnecessárias. Por exemplo, se sabem que não vão ler no e-reader na praia/piscina/banheira (sei lá, há pessoas que fazem isso!), então não vale a pena sentirem-se tentados a gastar mais 50 euros por um e-reader que seja à prova de água.



3 - Não podemos cheirar


Este é o grande problema de um livrólico: não cheirar os livros. Sentimo-nos em casa quando entramos numa livraria e conseguimos sentir o aroma dos livros. Adoramos folheá-los e sentir o cheirinho das páginas.


Os e-readers não têm cheiro e acho que não terão nos próximos tempos.



4 - Requer proteções


Tal e qual como acontece quando compramos um bom telemóvel, precisamos de acessórios que protejam o nosso novo companheiro.


Uma capa boa é essencial. Aconselho a comprarem uma de abre e fecha (como um livro) com elástico para prender a capa no sítio e, desse modo, proteger o ecrã quando não estão a usá-lo (estas capas também são boas para quem gosta de ler na horizontal, porque o e-reader fica apoiado na própria capa).


E não se esqueçam de limpar o vosso e-reader com as toalhitas que costumam usar para o vosso telemóvel/computador. Como todos os gadgets em que tocamos, os e-readers também acumulam germes.



Agora que já conhecem as vantagens e desvantagens de ter um e-reader, quero deixar aqui uma informação importante:

Lá porque têm um e-reader não quer dizer que vão abandonar os livros físicos ou que vão preferir um e-reader a uma cópia física!

Somos todos leitores e temos a liberdade de escolha. Podemos pôr de parte as diferenças entre a cópia física e digital de um livro e ver o elemento em comum: os livros que todos amamos.



Digam-me: costumam ler em e-readers?

Ficaram com alguma dúvida? Digam-me e vou procurar esclarecer!




Até lá, boas leituras!

Ana Teresa Barreiros

0 visualização

© 2020 Livraria Good Books. Ana Teresa Barreiros. 

livraria.goodbooks@gmail.com

  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Instagram Preto
  • YouTube - Black Circle